TCCs da fAAC

Aluna do curso de Relações Públicas faz TCC sobre planejamento estratégico em contexto cultural

Trabalho de Conclusão de Curso contempla projeto produzido por artistas referente à mitologia

Julie Siqueira

A aluna Mariana Sanches Rubini formada pelo curso de Relações Públicas usa a produção cultural como objeto de estudo de seu Trabalho de Conclusão de Curso. Ao tratar das suas motivações sobre a abordagem desse assunto, ela diz que via na realização do trabalho a possibilidade de realizar um projeto autoral relacionado a artes, esfera que sempre a interessou. A partir disso, relata que houve aparecimento de projetos no período anterior ao TCC, entretanto a ocupação cultural foi o que mais a impulsionou.

WhatsApp Image 2018-05-07 at 14.41.52
Descrição do JCNET para a foto: Grupo reunido em um dos encontros, durante a pesquisa para desenvolvimento do projeto Dafnes, em Bauru: Karin Silva, Gabriela Neves, Gabriela Moreira, Laís Paiva (em pé); Caroline Gomes, Vitória Galhardo, Marcela Fernandes, Paula Machado, Liene Saddi, Cristina Franciscato, Natalia Nogueira, Mariana Rubini (sentadas) Reprodução:JCNET

Essa oportunidade ocorreu em uma reunião de um grupo de estudos, que faz parte, referente à mitologia. Em um dos encontros sentiu a necessidade de difundir o conhecimento com o qual estava tendo contato. “No grupo, composto apenas por mulheres, eu via uma reciprocidade intensa de conhecimentos e habilidades e isso me instigou a querer que mais pessoas pudessem sentir aquilo” relata Mariana Sanches.

Em vista disso resolveu compor o projeto “Dafnes”, já em curso sob tutela da Liene Saddi. Sua iniciativa foi incluir a ocupação cultural no projeto, que contou com sua direção e planejamento estratégico de comunicação, experiência que descreve em seu trabalho acadêmico.

O projeto dispôs da participação de dez artistas, produtoras de obras que eram leitoras do mito de Dafne e Apolo que integrariam o resultado final. Cada qual criadora possuía autonomia para a concepção da sua parte e, portanto, cada uma apresentou algo conforme o gênero artístico que possuía afinidade e em moldes que julgou interessante. Ao final, os resultados foram expostos na ocupação.

WhatsApp Image 2018-05-07 at 14.45.42
Cartaz de divulgação do evento.

A Relações Públicas relata que encontrou desafios ao justificar o que foi realizado em moldes acadêmicos. Havia poucas bibliografias que a ajudassem nessa tarefa, e ainda essas eram pouco relacionáveis ao contexto da sua pesquisa.

Sobre sua vivência pessoal durante a graduação, acredita que muitas expectativas são depositadas na carreira, e em seu caso as suas experiências extracurriculares foram significativas para o seu processo como profissional. “Eu me encontrei em vários projetos que não eram de relações públicas, até por que eu queria entender comunicação como um processo em outras áreas“ expõe Mariana. Em contrapartida alerta: “Mas talvez não seja esse caminho para outras pessoas, até porque cada um tem um tempo de maturação diferente” afirma reiterando a importância de cada indivíduo buscar o próprio direcionamento.

Por fim sugere que os alunos explorarem outras áreas de seu interesse concomitantemente a graduação, por que essas podem ser agregadas ao conhecimento já retido.

 

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s