Jornalismo, Série Especial: Projetos de Extensão

Voz do Nicéia: a responsabilidade da prática jornalística

Patrícia Konda

O “Voz do Nicéia” é um projeto de extensão universitária da “Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação” criado em 2008 por alunos de jornalismo. O projeto é aberto para todos – independentemente do curso – interessados em Jornalismo Comunitário.

Sendo o único voltado para a temática, o “Voz do Nicéia” visa ser uma ferramenta de comunicação e mediação entre a comunidade do bairro Jardim Nicéia e os órgãos públicos. Segundo a atual editora-chefe, Giovana Murça, “o jornal busca ampliar e fortalecer a voz dos moradores”.

Para o coordenador responsável, Prof. Dr. Ângelo Sottovia Aranha, a escolha pelo jornalismo comunitário surgiu pela facilidade em saber o público alvo e principalmente pela função social que o jornalista desempenha em um periódico desse tipo. “O comunitário permite um exercício da responsabilidade na profissão jornalística. O jornalismo tem que se preocupar com as pessoas. No comunitário a gente tem condição de exercer essa função social e tentar contribuir para que haja alguma melhoria na comunidade atendida.” afirma.

20446512_1589734427767040_418187140_o.jpg
Jornal comunitário Voz do Nicéia. Foto: Divulgação

Hoje, o projeto conta com 45 membros – todos alunos da graduação de jornalismo – e é dividido em comissões. O chamado carro chefe é o jornal impresso, com quatro edições ao ano, no qual os assuntos são decididos pelos próprios moradores do bairro, porém também há o conteúdo multimídia que pode ser conferido no blog. São três comissões: Redação, Audiovisual e Eventos.

O “Voz do Nicéia” ganhou algumas premiações como reconhecimento de sua importância para a faculdade, e principalmente, para a comunidade. Em 2013, no “7º Congresso de Extensão Universitária da UNESP” levou na categoria de melhor projeto de extensão, já em 2015 foi o vencedor da categoria de ‘Trabalhos de extensão com resultados que transformam a realidade da comunidade externa’. Ainda nesse ano, participou da “Jornada Multidisciplinar” e seu painel foi considerado o melhor no quesito projeto de extensão.

Outro mérito são as melhorias e confiança que o jornal conquistou no bairro durante esses nove anos. De acordo com a editora-chefe, “Os moradores têm essa confiança, a gente tem esse compromisso forte com eles. E não só isso, o jornal também é uma forma de criar a identidade do bairro, trazer assuntos mais leves e divertido. O jornal é para eles”

Para melhor atender a comunidade, o projeto está em constante reformulação. As duas últimas foram no ano de 2013 e 2015, no qual criou-se a frente de Eventos, uma das comissões, e o Grupo de Pesquisa “O Jornal Comunitário como Instrumento de Reconhecimento Social”, respectivamente.

Caso você tenha interesse em participar, o processo seletivo abre todo ano na entrada dos calouros na faculdade. Porém, segundo Murça, você poderá enviar um email para jornal.vozdoniceia@gmail.com ou entrar em contato pela página do Facebook “Voz do Nicéia” para tentar ingressar no projeto ao longo do ano.

Os certificados são emitidos para os membros de acordo com as participações mínimas exigidas, além do tempo mínimo de 6 meses no projeto. O Grupo de Pesquisa acontece toda terça-feira, às 18 horas, na sala 70 e é aberto para todos que desejam se aprofundar no tema “Jornalismo Comunitário e os seus impactos no público alvo”.

20464536_1589734394433710_47000150_n.jpg
Daniela Arcanjo e Giovana Murça na apresentação do projeto aos calouros. Foto: Giovanni Módolo Della Rocca

 

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s