Design, Série Especial: Projetos de Extensão

LabDesign – design, moda, inclusão e receptividade

Bianca Furlani

É através de um ambiente encantador e aconchegante que o Laboratório de Pesquisa, Ensino e Extensão em Design Contemporâneo (LabDesign) foi construído e se consolidou dentro da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação (FAAC). Surgiu entre 2013 e 2014 a partir da proposta de integrar e complementar as aulas do curso de Design com temas como moda e joalheria – que não estão presentes na grade.

Idealizado pela Profª Drª Mônica Moura e alguns alunos bolsistas, o LabDesign é um espaço destinado ao desenvolvimento de projetos gráficos, editoriais e de moda e produção de peças, produtos e objetos em diferentes suportes e processos. Também conta com um grande acervo de produtos gráficos (como livros, embalagens, revistas e volantes) e materiais para desenvolvimento de projetos (catálogos de papéis, escala pantone, conta fios) – destinados a consultas, pesquisas e referências.

Atualmente conta com 20 membros, divididos entre designers, jornalistas e relações públicas. A presença de estudantes de diferentes cursos permite a troca de experiências e conhecimentos, além de promover tanto o crescimento pessoal dos membros como o crescimento do Projeto em si.

O Projeto é responsável pela monitoria das aulas ministradas na sua sala e pela organização dos eventos sobre design contemporâneo. Além disso, possui atividades como o Projeto Estamparia pelo Social, a série de eventos “Sexta-Livre” e também está envolvido na organização do 13º Colóquio de Moda.

O Projeto Estamparia pelo Social tem como objetivo oferecer oficinas sobre processos e técnicas de design e moda a professores da rede municipal de ensino de Bauru a fim de gerar trabalho e renda, além de incluir o design, a estamparia e a moda na realidade cotidiana dessas pessoas. O projeto faz parte de uma parceria entre o Lab e a Secretaria de Educação de Bauru.

A série de eventos “Sexta-Livre” surgiu com a ideia de ampliar a permanência estudantil e ocupar o espaço do Laboratório a partir de diferentes atividades e discussões realizadas a cada Sexta-Livre. A primeira Sexta-Livre recebeu o nome de Sexta-Livre do Amor Livre e celebrou os seis anos de reconhecimento de união estável entre pessoas do mesmo sexo no Brasil exibindo o episódio San Junipero da série Black Mirror (escolhido através de uma enquete no Facebook).

A segunda Sexta-Livre foi a Sexta-livre da Troca – na qual o Lab abriu suas portas para proporcionar um espaço para que todos pudessem trocar itens pessoais (como peças de roupas, sapatos, acessórios e livros, por exemplo) a fim de praticar o desapego e ao mesmo tempo adquirir novos itens. Na última Sexta-Livre o tema foi Bordado e contou com uma oficina que ensinou os pontos básicos e a colar patches. O principal público buscado pelo projeto através dessa série de eventos são os alunos da FAAC.

Quanto ao 13º Colóquio de Moda, o evento está em sua 11º Edição Internacional e será realizado esse ano em Bauru no campus da Unesp do dia 11 ao dia 15 de outubro. É o maior congresso científico de moda no Brasil e se apresenta como espaço de intercâmbio entre estudantes e pesquisadores dessa área.

19970946_1479240675476900_1436867170_n

A organização que permite que todas essas atividades sejam realizadas da melhor forma possível busca se estruturar de forma horizontal, com reuniões abertas a todos os membros – que atualmente se dividem em duas equipes (Design e Comunicação) com o objetivo de facilitar a gestão das demandas.

Desde seu surgimento, o Lab realizou apenas um processo seletivo. O Projeto acredita numa aproximação natural dos membros com o projeto – todas as gestões foram formadas dessa forma.

O Laboratório busca unir pesquisa, ensino e extensão na área de design e moda, além de promover a inclusão e ser um espaço de permanência dentro do ambiente da universidade. E tem feito isso de maneira impecável.

“O LabDesign pra mim é a mistura de um emprego e casa, estar no projeto desde o começo me permitiu vivenciar não só o ambiente da faculdade pública e seus três pilares, mas também melhorar minha convivência com as pessoas, e me permitiu aprender metodologia e gestão na prática”, conta Izabela Ambiel sobre sua relação com o projeto.

Para saber mais, acompanhe o LabDesign no Facebook.

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s