Relações Públicas, Série Especial: Empresas Juniores

RPjr: empresa júnior de Relações Públicas

Felipe Faustino

Na série especial sobre empresas juniores da FAAC, hoje apresentamos a RPjr, empresa júnior do curso de Relações Públicas ou, como seus membros carinhosamente a chamam, a empresa mais “laranjinha” do país.

Criada há mais dez anos na Unesp de Bauru, a empresa é formada apenas por estudantes deste curso de comunicação em que basicamente são instruídos a interpretar, compreender, definir e gerenciar as relações que ocorrem no meio público entre organizações (privadas, públicas, do terceiro setor, etc) e seus respectivos públicos de interesse (stakeholders).

De acordo com a diretora de Marketing e Comunicação, Bruna Lima, dentro da empresa há uma separação entre cinco diretorias: Escritório de Projetos, Diretoria de Jurídico-Financeiro, Diretoria de Marketing e Comunicação, Diretoria de Desenvolvimento Humano e Diretoria da Presidência, cada qual com seu escopo. “Contamos ainda com uma professora que nos orienta, a Célia Hetz, e nos ajuda quando há necessidade”, complementa Bruna.

A RPjr se encontra hoje como uma das poucas empresas juniores exclusivas do curso em âmbito nacional, além de ter recebido em 2010 o prêmio de primeiro lugar no Expocom Sudeste pela realização de seu projeto anual, mantido até hoje, o Meeting.

O principal objetivo da empresa júnior é preparar seus membros para a realidade do mercado de trabalho na área, através de projetos com clientes reais.

Os projetos oferecidos para o mercado de trabalho em geral são projetos de pesquisa de opinião, comunicação interna, consultoria em mídias sociais, marketing de ativação de uma marca, ações de branding a fim de tornar uma organização conhecida e, também, organização de eventos com assessoria, planejamento e produção.

Os projetos têm o objetivo de atender a três esferas principais: a mercadológica, através de projetos com empresas, como a Red Bull; a social, com projetos em prol de uma causa ou organização sem fins lucrativos, como o Natal Solidário; e o acadêmico, a partir de um retorno para a própria universidade, como o Meeting.

“Ter a oportunidade de estar à frente da Diretoria de Comunicação da RPjr me proporcionou crescimento pessoal e profissional. Dentro da empresa aprendi que o trabalho em equipe é possível e necessário, compreendi que a comunicação é estratégia para todo e qualquer tipo de negócio. Dentro da RPjr o desenvolvimento de projetos é constante, desde a fase do planejamento até a realização do objetivo proposto. Sou eternamente grata aos amigos que fiz, ao que aprendi, ao que vivi, enquanto pessoa e profissional de Relações Públicas dentro dessa empresa que tem nome de júnior, mas desenvolve trabalho de gente grande.” – Disse a ex-integrante da empresa júnior, Mariany Granato, que atuou em empresas como a editora Alto Astral e a Tilibra.

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s