Jornalismo, Tecnologia

O crescimento mundial dos esportes eletrônicos e o reconhecimento do público

Os esportes eletrônicos (ou e-Sports), competições esportivas que envolvem jogos de computador e consoles, já existem há alguns anos e estão cada vez maiores (se você não sabe do que se trata, esse artigo escrito pelo Omelete é uma boa fonte para começar). Entretanto, esse sempre foi um assunto deixado de lado pela grande mídia, mesmo com um número cada vez maior de fãs, e todo o conteúdo jornalístico era produzido por sites e portais especializados que eram, em sua maioria, amadores.

12196292_475727602600102_7506533475211830793_n
Final do Campeonato Mundial de League of Legends 2015, realizada em Berlim, Alemanha

Aos poucos, a situação está mudando. Você já deve ter ouvido falar em algum campeonato desse tipo, seja na internet ou na televisão. Isso está acontecendo porque essas competições estão cativando cada vez mais o público jovem, e audiência é o que veículos de notícias procuram.

Você pode até achar chato, cafona, nerd ou o que for, mas é inegável a expansão da modalidade, seja com League of Legends, Smash ou qualquer outro jogo. É uma indústria cada vez mais forte, que já está competindo diretamente com esportes mais tradicionais, principalmente por públicos mais jovens, e que pode conseguir cifras muito mais expressivas em pouco tempo.

ESPN norte-americana já fala de games em meio à outros esportes mais tradicionais
ESPN norte-americana já fala de games em meio à outros esportes mais tradicionais

E uma das provas de que esse cenário veio para ficar, é que grandes mídias estão dando mais enfoque para essas áreas. Internacionalmente, diversos veículos já fazem matérias regularmente dessas competições, incluídas na editoria de esportes ou tecnologia. Mas o caso mais famoso é da ESPN. Além de transmitir ao vivo a final do campeonato mundial de DOTA 2, em 2014, o veículo abriu vagas para um editor de e-Sports. Apesar de ser apenas para os EUA, isso demonstra um avanço muito importante para o reconhecimento da área, que deve crescer cada vez mais rapidamente, inclusive no Brasil, onde a filial da empresa norte-americana criou o ESPN Games e possui um programa dedicado à área, transmitido na íntegra pela internet.

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s