Perfil de trabalho, Séries Especiais

Relações e conhecimento além da sala de aula

Mais uma profissional da série “Perfil de Trabalho”. Natália dos Santos Gonzales é formada em 2011 pelo curso de Relações Públicas, vai nos contar como está sendo sua vida pós faculdade e seus respectivos desafios.

Como muitos, após ter seu diploma em mãos, ela começou a procurar empregos na região de São Paulo e Campinas, já que nelas aparecem mais oportunidades para o profissional de Relações Públicas. Foi na Amcham (American Chamber of Commerce), seu segundo emprego, que ela se encantou com a área social, trabalhando em um debate sobre Investimento Social Privado. Em pouco tempo, Natália viu uma oportunidade para atuar neste campo, na vaga de Analista de Comunicação, da Fundação Abrinq – Save the Children, em que ficou praticamente dois anos.

Atualmente, ela decidiu voltar a se dedicar à carreira acadêmica, devido a fatores de saúde, e, assim, ficar mais perto de sua família e ter um tratamento mais adequado. Ela também acha que seja a hora de se especializar profundamente em algo que acredita e que possa propor melhorias à sociedade.

Quando questionada sobre o mercado de trabalho para o RP, Natália disse que cada vez mais as empresas estão valorizando este profissional para seu negócio, apesar de ainda existirem muitas vagas anunciando uma nítida falta de conhecimento sobre a sua vasta área de atuação. Ela aponta também a necessidade de se especializar em algum assunto, tendo em vista que a carreira do RP dá uma formação bastante holística ao estudante.

Natália afirma que não basta ir apenas às aulas. Participar de projetos de extensão e/ou fazer uma iniciação científica, são fatores que influenciam uma maior maturidade frente às situações do mercado de trabalho, além do aluno poder colocar em prática aquilo que viu em sala de aula e aprender a ter jogo de cintura diante das situações encontradas no cotidiano das empresas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Chegando ao término de mais um relato do “Perfil de Trabalho”, Natália deixa um recado a todos os estudantes para que aproveitem (e muito!) todas as oportunidades oferecidas, dentro e fora da faculdade. Ela diz que, atualmente, há muito mais opções do que em sua época. Incentiva a participação em grupos de estudos, Choice, AIESEC, Congressos, Empresas Juniores, intercâmbios, enfim, tudo o que puder agregar mais conhecimento à sua bagagem profissional. Por fim, enfatiza a importância de se assistir às aulas, para ter embasamento teórico necessário na hora de tentar convencer aquele futuro chefe sobre a importância de se fazer determinada ação (“que nem sempre é tão fácil”, disse, rindo).

Por Carolina Matsumoto

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s