Oportunidades, Pela Faac

Carta aos bixos

Caros colegas,

Foi um dia especial. Estava ansioso com a sua chegada, e você veio, tímido, hesitante, um mar de expectativa. Vou fazer novos amigos? Crescer como profissional e pessoa? Escolhi o curso certo?

A sensação de ver seu nome na lista pode ser muitas vezes contraditória: dúvida ou satisfação. Até chegar o “meu” dia, as expectativas inflamam. E logo que o primeiro pote de tinta cai sobre a cabeça, todas – ou quase todas – as perguntas se esvaem com ele.

Talvez apenas uma delas fique: “O que mais eles querem, aos berros, que eu faça?”. Guarde a vergonha em casa, companheiro, fotos suas um tanto “indecentes” estamparão muito em breve as timelines das redes sociais.
Mas por que se importar? Estão todos tão animados, empolgados, descontraídos e – mesmo que façam você “bater asas” ou assoprar farinha – respeitosos. Já as fugas acontecem e são inatas a esse processo: é a timidez, o desinteresse, as roupas à prova de tinta. É o poder do desconhecido, da surpresa.

Pois é, para o primeiro contato com a nova fase, esse dia pareceu bastante agitado e desafiador. E não é à toa. Participar da brincadeira é iniciar um ciclo, um ritual, uma comemoração. De qualquer forma, ou às lágrimas ou aos sorrisos no final do dia, a lembrança e a primeira impressão são as que ficam, para mais tarde, virarem história.

Este dia foi a concretização de uma conquista, a sua. Ver você coberto de tinta da cabeça aos pés foi, muito provavelmente, motivo de grande orgulho para os seus pais, amigos e parentes. Foi uma afirmação, ou a possibilidade, de ter feito a escolha certa. É o momento de interação entre velhos amigos e novos colegas. Foram momentos de  “Descoberta”, “Felicidade”, “Alegria”, “Realização”, “Histórico”, “Insano!”. E é a vocês, meus mais novos colegas, a quem dedico essa simples, mas sincera homenagem.

Muito bem vindos,

Matrícula UNESP-BAURU

Agradecimentos aos novos alunos da FAAC: Arthur I. Finati, Thainá R. Zanfollin, Lucas Guanaes, Guilherme L. Teixeira, Edgard Vicentini L. Pinto e Larissa G. Z. Scarpelini. 

por Maria Tebet

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s