Oportunidades

FAAC no Programa TOP UK

Em agosto deste ano a aluna de jornalismo da FAAC, Regiane Folter, participou do Programa Top UK. O programa consiste em três semanas de aulas de língua inglesa para universitários na Universidade de Oxford, uma das melhores universidades no mundo, segundo o ranking da Times High Education.

O Programa tem como principais objetivos fortalecer a internacionalização da atividade acadêmica, além de fortalecer o intercâmbio bilateral entre universidades brasileiras e inglesas.

Regiane conta como foi sua experiência nessas três semanas na terra da rainha.

Como você ficou sabendo do programa de intercâmbio Top UK?

Fiquei sabendo pelo sistema. Eu sempre fico de olho nas oportunidades de intercâmbio que aparecem no sistema da FAAC, e foi assim que eu encontrei o TOP UK. Não estava planejando fazer intercâmbio nesse período, mas a oportunidade me pareceu tão boa que eu resolvi tentar.

Como foi a fase de pré-intercâmbio? Você teve apoio da Faculdade?

Só acreditei que tinha passado mesmo quando recebi o e-mail do Santander com os horários dos vôos! Mas foi bem intensa essa fase pré-viagem, até porque eu não tive muito tempo para me organizar, viajei na metade de agosto, tinha acabado de voltar das férias. A AREX me deu todo o suporte, e o Santander também forneceu todas as informações certinhas. Só fiquei um pouco decepcionada porque alguns professores não foram tão compreensivos em me abonar minhas faltas e me dar um prazo maior para realizar trabalhos, mas ainda bem que a maioria foi incrível e me deram muita força! 

Lá na Inglaterra, você aplicou alguma coisa que viu no curso de jornalismo? Como foi? 

Usei mais o jornalismo do que eu pensava, porque o curso que eu fiz era de inglês com foco em apresentações orais, então eu precisava fazer todos os dias pequenas apresentações de algum assunto do meu campo de estudo, além de preparar também textos escritos. Em um dia, inclusive, treinamos entrevistas em inglês. A ideia era preparar qualquer estudante para fazer uma apresentação no idioma inglês, o que era útil não só para mim, mas para todos os meus colegas, que eram de várias áreas: engenharias, direito, biologia, administração, etc.
 
Do que você viu lá, o que você pode aplicar agora durante o curso?

Acho que melhorei bastante minhas habilidades em comunicação, tanto no inglês quanto no português, porque graças ao curso eu me sinto mais confiante e segura para falar em público de uma forma concisa e interessante. Acho que para qualquer jornalista hoje em dia é muito importante poder ter um bom nível de comunicação em inglês, ainda mais no meu caso, já que me interesso por jornalismo internacional. Qualquer experiência que tira você de sua zona de conforto é, na minha opinião, importante para o seu desenvolvimento como pessoa e também como profissional: você aprende a lidar com situações diferentes das quais você está acostumado e se torna mais flexível e tolerante, qualidades muito importantes em jornalismo.

Qual a importância dessa viagem pra sua graduação?

Foi uma viagem que apareceu do nada, participei sem acreditar muito, mas que proporcionou uma experiência incrível! Vivenciar um outro estilo de ensino e de graduação ampliou muito meus horizontes e com certeza mudou meu jeito de ver o Brasil e o mundo. Agora considero coisas que não considerava antes, como fazer uma pós-graduação ou trabalhar no exterior.

 

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s