Eventos

Inédito festival de bandas marca os 20 anos de Rádio Unesp FM


Ao invés de ‘parabéns a você’, o público cantou rock, blues e groove.

Noite de quarta-feira, 25 de maio de 2011, data histórica para a consolidação da cultura no espaço acadêmico. A comunidade artística reunida no fim de tarde no anfiteatro do Guilhermão, na Unesp de Bauru, celebrava o marco de duas décadas de Rádio Unesp FM. A sintonia 105,7 Mhz, respeitada pelo tradicionalismo jornalístico e fidelidade musical na programação agora tem mais um motivo para comemorar: a consolidação de seu próprio lema: a emissora “pública, cultural e educativa” abriu portas para a comunidade prestigiar um concurso de bandas bauruenses, julgadas por acadêmicos do Instituto de Artes da Unesp de São Paulo.

Os primeiros acordes começaram cedo, enquanto as bandas passavam o som por volta das 17h30, o público podia interagir com fotografias, desenhos, pinturas e intervenções de autoria dos alunos de Artes, Jornalismo e Design da Unesp de Bauru. Estandes do Laboratório Solidário de Design, o LabSol, também fizeram sucesso com artigos originais e criativos. Os “malucos de estrada” também marcaram presença com mostruários de bijuterias artesanais. A liberdade de expressão tinha mesmo que estar presente em um evento de artes diversas.

Tudo pronto para o início: o trio de violões, de alunos da Unesp de São Paulo, abriu o evento a meio palco. O público das primeiras fileiras ficou boquiaberto com a técnica e com o dedilhado, que soava “Eu te Amo”, de Tom Jobim. Algumas pessoas, ainda dispersas no alto do Guilhermão, reclamavam do baixo volume. De fato, a acústica do anfiteatro não é a ideal para eventos musicais desse porte, já que o som ecoa e dispersa pelo grande espaço do local. No entanto, a organização não economizou em aparatos: caixas, luzes e mesa de som, o que facilitou a qualidade sonora para as bandas plugadas que vieram a seguir.

Projeto Homem Bomba, velho conhecido dos alunos da Unesp de Bauru, foi a primeira banda a se apresentar. A diversidade de instrumentos é o diferencial da banda: cavaco, percussão e sax têm presença marcante diante do trio guitarra, baixo e bateria.A proposta deu certo: o som brasileiro popular e de qualidade foi bem aceito pelo público. A banda é formada por antigos integrantes da “Samba Tereza”. Hoje, amadurecidos, apresentam as composições autorais em eventos do Enxame Coletivo.

Precedidos por uma intervenção de teatro moderno, a banda Monte de Bossa trouxe seus tambores para o palco do Guilhermão. Os veteranos do batuque já tem seis anos de estrada e são conhecidos por se apresentarem nas principais casas noturnas da cidade, além de circuito SESC.

O pop-rock teve espaço com a banda Deck 66. Os meninos estavam confiantes e subiram ao palco com muita energia, buscando a interação com o público todo o tempo. PsychoRoots mudou o rumo do som e trouxe distorção e cabeleiras ao palco para a hora do heavy metal. RoL e Estereoterapia entraram em seguida. A experiência de palco marcou ambas as apresentações. Não é para menos, Estereoterapia leva na bagagem a abertura de shows grandes, como Moptop e Los Hermanos.

Samanah fechou a noite do primeiro dia de festival de bandas com um ritmo diferente ao de todos apresentados até então. Com um forte ‘groove’ dançante, os meninos mostraram um grande entrosamento. A sintonia dos instrumentos era quase uma história de amor, com um casamento perfeito no final. Não é à toa que a banda voltaria no dia seguinte para subir ao pódio no segundo lugar e ganhou o saldo de 1.200 reais em compras na loja de instrumentos Musicalle.

Ana Helena Ribas e Felipe Mateus

Fotos: Diogo Zacarias e Felipe Mateus

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s