Oportunidades

Alunas da FAAC constroem casas de emergência em comunidade carente

No feriado de Páscoa, enquanto muitos estavam descansando, um grupo de universitários estava construindo casas para famílias carentes na Grande São Paulo. Entre eles, Jaqueline Morengoth e Gabriela Viotti, alunas de arquitetura da Unesp-Bauru. Esse trabalho faz parte do projeto da ONG “Um Teto Para Meu País”, que foi criada no Chile em 1997, com o objetivo de mudar a situação de pobreza extrema de muitas famílias com a construção de casas de emergência e a execução de planos de habitação social.

Gabriela fala quais eram suas expectativas quando se inscreveu na ONG como voluntária: “eu fui com duas idéias principais: o aprendizado em construção, que eu posso usar na minha carreira profissional, mas, principalmente, a experiência de vida, poder interagir com aquelas pessoas, ver como elas vivem”.

Jaqueline explica como funciona a construção: “A gente dorme em uma escola que fica perto da comunidade, mas passa o dia inteiro na construção, a família também participa do processo, ajuda a levantar a casa e fornece as refeições para nós. Além da construção em si, todos os dias têm dinâmicas para interagir com as pessoas que já estão na ONG há mais tempo, e também com a família”.

O principal objetivo do projeto é levar melhores condições para aqueles que vivem em extrema pobreza, dar oportunidades para que eles tenham qualidade de vida. Gabriela ressalta: “tive ainda mais certeza de que não é só isso que a gente pode fazer, esse é só o primeiro passo de muitas coisas que podem ser feitas. É como eles [organizadores da ONG] falam: é uma ação que tira aqueles moradores da lama, de uma situação de emergência, que dá a chance da pessoa se reerguer”.

Para participar da “Um Teto Para Meu País, basta se cadastrar no site: http://www.umtetoparameupais.org.br/ . Jaqueline afirma que vai continuar participando das construções, mas acrescenta que existem outras formas de apoiar “a gente também pode participar do projeto de outras maneiras, como o levantamento de dados de outras comunidades e o cadastramento de famílias que podem ser beneficiadas nas próximas construções”.

Esse é o vídeo institucional da ONG que mostra alguns dados além de imagens das construções:

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s