Oportunidades

Ex-alunos: Depoimento da jornalista Francis Neves

Uma tímida mudança no e-mail e uma mudança significativa na vida profissional. Quem recebesse uma mensagem de Francis Neves até o dia 3 de dezembro, leria a assinatura “Francis Neves, estudante de Jornalismo FAAC/Unesp”. Dois dias depois de ter a última aula, a assinatura dos e-mails teve que ser alterada para “Francis Neves, jornalista do informativo Migalhas”: a estudante foi contratada imediatamente ao terminar a graduação. A seguir, a estudante conta como conseguiu emprego em dois dias e transitou da Universidade para o mercado de trabalho, além de dar dicas para os recém-formados.

“Como foi minha trajetória acadêmica? Eu fiz de tudo um pouco na faculdade, principalmente por não saber de qual área eu gosto mais! Participei do projeto de extensão Livrevista, tive bolsa na área de pesquisa acadêmica e participei da Empresa Jornal Júnior. Também sempre procurei ter experiências fora da faculdade, fazendo frilas para blogs e sites. E vou admitir que tive minha cota de nerdice: sempre li muitos livros , de todos os tipos, além de assinar jornal diário, revistas de vários tipos e assistir à Globonews.

Quando terminei a faculdade, ingressei em uma empresa que já conhecia. Nas férias de julho,  fiquei sabendo de um estágio de duas semanas nesta empresa, através da divulgação da Assessoria de Comunicação e Imprensa (ACI) da FAAC. Mandei meu currículo e fui selecionada. Ao final das duas semanas, a chefe de redação disse que tinha gostado do meu trabalho e que meu perfil parecia bater com o da empresa e, quando estivesse terminando a faculdade, para procurá-la. Foi o que fiz no meio de novembro: afirmei que estava prestes a apresentar meu TCC, com tudo encaminhado para voltar a Ribeirão Preto (cidade em que moro) e que, se tivesse vaga na redação, eu poderia começar dia 6 de dezembro. Ela confirmou o interesse e pronto: fui contratada pelo Migalhas, um informativo jurídico que é enviado por e-mail a mais de 300 mil leitores cadastrados, além de manter um site atualizado.

Duas semanas após começar a trabalhar, ainda estou me acostumando com a correria, com a formatação ao texto da redação e com a pressão de entregar um material noticioso a toda hora (como trabalho em um site, passamos o dia atualizando!). Mas de resto, creio que tive a preparação prática necessária na faculdade, principalmente de saber onde procurar as informações, ficar atenta ao que é notícia etc.

Para quem se formou e está procurando emprego, minha principal dica é não ter medo de ir atrás! Por mais que o pessoal de RH diga que você não deve se candidatar a vagas que fujam do seu perfil, acho que essa orientação tem limite. Se a empresa EXIGE fluência em chinês claro que você não vai mandar o currículo a não ser que tenha a qualificação. Mas se itens assim estão em ‘perfil desejado’, tudo bem você arriscar, dizendo o que você tem a mais, de diferente, e que qualquer coisa que lhe falte você pode compensar com sua dedicação etc. Comigo foi assim: eu nunca tive experiência alguma na área jurídica, nem mesmo política ou economia, mas mandei meu currículo, destacando outras experiências e habilidades que me qualificavam para trabalhar aqui. E deu certo!”

Marcel Verrumo

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s