Oportunidades

Ter ou não meu próprio negócio?

Depois de entrar na faculdade surgem muitas dúvidas se escolheu o curso certo, se conseguirá se formar no prazo, se irá conseguir estágio ou se, logo que se formar conseguirá um emprego.

Uma das soluções para esta dúvida pode ser o empreendedorismo. Muitas pessoas sonham e tem facilidade para construir seu próprio negócio. Em Rádio e Tv não é diferente, o empreendedorismo pode ser um caminho a seguir depois da faculdade.

A ex-aluna de Rádio e Tv Priscila de Oliveira Fortes, 26 anos, conta que quando estava na faculdade já sentia vontade de colocar uma sensibilidade maior nos produtos que trabalhava quando estagiava. Para isso, ela abriu uma produtora de vídeo junto com sua amiga de faculdade, que tem como principal foco a produção de vídeo para filmagem de formaturas e eventos escolares, além de serviços de filmagem para palestrantes, vídeos institucionais e eventos sociais.

Priscila conta que no começo foi difícil, mas que a vontade de fazer o que gosta ajudou bastante, “Começamos com duas câmeras e dois computadores que os nossos próprios pais compraram para dar um “empurrãozinho”, foi o início do início. Não é fácil colocar suas propostas para empresas que não conhecem seus serviços, porém, elaboramos projetos inovadores para escolas, palestrantes e eventos sociais”, acrescenta ainda que a sua empresa tem um diferencial que está se sobressaindo para atrair novos clientes: um olhar mais atento, sensível e feminino. Deu certo, pois a produtora diz que a empresa em São Paulo está com 100% de aceitação entre os clientes.

Outro exemplo que está caminhando para o sucesso é dos alunos que ainda nem saíram da faculdade e já abriram a própria produtora, a qual tem como objetivo produzir clipes, vídeos institucionais, curtas, WebTVs e TVs internas. Elissa Schpallir Silva, de 21 anos e Bruno Jareta de Oliveira, de 22 anos contam que desde abril, quando abriram a empresa, eles têm trabalhado bastante. Bruno fala que sempre teve vontade de ter seu próprio negócio e o fato de ter estagiado em vários lugares o levou a crer que ele queria fazer parte do processo inteiro de produção de vídeos e não fazer apenas um segmento deles.

Tomar a decisão de fazer seu próprio negócio pode ser muito atraente, porém é também muito complicado, é preciso estudos sobre administração, gerenciamento e sobre o próprio negócio. Como Priscila afirma, a prática pode ser importante, mas “o conhecimento teórico é imprescindível em qualquer função que for optar”.A área tem sempre muitas inovações, é preciso se atualizar e estudar sobre como fazer o melhor vídeo. Ter em mente o que pretende atingir é outra etapa importante para o negócio dar certo. Bruno destacaque ter uma meta é muito importante e para achar esse passo é preciso pensar pelo fim, saber aonde se quer chegar, depois disso, os estudos são importantes para começar com sucesso, “pesquise e estude meios de chegar até lá. Busque inspiração naqueles que conseguiram e procure aprender com eles. Não espere para começar. Vá atrás assim que já souber o que quer”, aconselha o jovem empreendedor.

Fácil ou difícil depende da vontade e gosto pelo empreendedorismo. Ser um funcionário ou ter sua própria empresa depende do que cada um escolhe.

Marina Mazzini Rodrigues

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s