Oportunidades

Ex-alunos: Depoimento do Radialista João Paulo Ogawa

O blog FAAC Notícias abre espaço para o depoimento de ex-alunos da faculdade, para dividirem suas experiências e dicas sobre o mercado de trabalho – além de contribuírem com a visão do que realmente acontece no mercado. Se você é um ex-aluno da FAAC e deseja contribuir e divulgar seu depoimento, envie seu e-mail com um foto para aci@faac.unesp.br .

Formado em Comunicação Social: Rádio e TV pela FAAC/Unesp em 2009, João Paulo Ogawa trabalha hoje como editor de vídeos e cinegrafista em um site.

“Trabalho como editor de vídeos e cinegrafista em um site que vende artigos esportivos (Netshoes). É uma empresa grande, com cerca de 600 funcionários. O processo de inserção no mercado de trabalho foi um pouco árduo. O mercado do audiovisual, apesar do recente crescimento é ainda muito fechado. Geralmente as vagas que abrem são preenchidas por indicações e conhecidos dos atuais funcionários. É chato pensar que algumas vezes, vale mais uma indicação do que um bom currículo. Os locais onde mais abrem vagas são em produtoras (como editor, câmera, técnico de som, etc) e agências de publicidade (redator).

Toda a parte técnica que utilizo no meu trabalho (conhecimentos em softwares) aprendi na faculdade, não só com os professores, mas também com os colegas de classe e veteranos. Além disso, os trabalhos propostos na universidade, os projetos de extensão e mesmo as discussões nas aulas teóricas são fundamentais para te dar uma boa bagagem teórica e referencial no processo de criação.

Criatividade e dinamismo são essenciais pra essa área que exige agilidade e resultados impactantes. Sem falar que também é necessário muita paciência. Muitas vezes as pessoas encaram o radialista apenas como técnico e não como um Comunicador Social. Os primeiros empregos podem ter uma remuneração abaixo da média de profissionais de áreas clássicas como direito, medicina e engenharia; e o atual mercado ainda exige que o recém-formado trabalhe muito.

O nome da Unesp é ainda bastante valorizado no mercado e pode ser um diferencial. O curso de Rádio e TV da Unesp possibilita que o aluno produza muita coisa ainda no 1° ano. Meu conselho é que os alunos se esforcem cada vez mais nesses trabalhos que poderão ser utilizados como portfólio quando começarem a procurar emprego. E como o curso é muito amplo, o aluno deve procurar as áreas dentro de Rádio e TV com que mais se identifica e se aprofundar. O mercado de trabalho não está fácil, mas nada que determinação e talento não resolvam. “

Nádia Pirillo

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s